Água-que-passarinho-não-bebe: expressão popular brasileira que se refere a uma bebida alcoólica forte, de teor elevado. Sinônimos incluem “cachaça”, “aguardente” e “pinga”. Comumente utilizada para descrever bebidas que não são adequadas para o consumo de todos, devido aos seus efeitos potentes.

Descubra as diferentes formas de dizer água-que-passarinho-não-bebe na língua portuguesa

Água-que-passarinho-não-bebe é uma expressão popular utilizada para se referir a algo que é considerado ruim, de baixa qualidade ou impróprio. Na língua portuguesa, existem diversas formas de expressar esse sentido. Veja abaixo algumas opções:

1. Água ruim – Essa expressão é simples e direta, transmitindo a ideia de água de qualidade inferior.

2. Água não potável – Refere-se à água que não é própria para consumo humano, geralmente por apresentar contaminações.

3. Água imprópria para o consumo – Similar à anterior, essa expressão também enfatiza que a água não é adequada para ser bebida.

4. Água não recomendada – Indica que a água em questão não é apropriada ou segura para se ingerir.

5. Água de má qualidade – Transmite a ideia de que a água não possui os padrões mínimos de qualidade esperados.

É importante ressaltar que essas expressões podem variar de acordo com o contexto e a região em que são utilizadas. No entanto, todas elas compartilham a ideia central de água que não é apropriada para beber.

Perguntas Frequentes

Sinônimos para “água-que-passarinho-não-bebe”:
a) Líquido vital que as aves não consomem.
b) Líquido inapropriado para as aves ingerirem.
c) Bebida imprópria para pássaros.

Sinônimos para “água-que-passarinho-não-bebe” podem ser:

a) Líquido vital que as aves não consomem.
b) Líquido inapropriado para as aves ingerirem.
c) Bebida imprópria para pássaros.

Significados da expressão “água-que-passarinho-não-bebe”:
a) Algo que não é adequado ou apropriado para alguém.
b) Algo que não é de interesse ou preferência de alguém.
c) Algo que não é permitido ou aceito por alguém.

A expressão “água-que-passarinho-não-bebe” é um ditado popular brasileiro que possui o sentido de algo que não é adequado, apropriado ou do interesse de alguém. É comumente utilizado para descrever uma situação, comportamento ou objeto que não é aceito ou não agrada determinada pessoa.

Exemplos:
a) “Esse tipo de música é água-que-passarinho-não-bebe para mim. Eu prefiro outros estilos.”
b) “Ele recusou o convite para a festa porque sabia que a comida servida lá era água-que-passarinho-não-bebe para ele.”
c) “Aquela ideia de negócio é água-que-passarinho-não-bebe para os investidores, eles não gostam desse ramo.”

Curiosidades sobre o termo “água-que-passarinho-não-bebe”:
a) Origem: Esta expressão deriva do hábito das aves de evitar águas estagnadas ou sujas para beber, buscando água fresca e limpa em fontes naturais.
b) Classe gramatical: Substantivo composto.
c) Separação silábica: á-gua-que-pas-sa-ri-nho-não-be-be.
d) Tipo de verbo: A expressão não inclui nenhum verbo em sua composição.
e) Conjugação verbal: Não se aplica.
f) Definição do tempo verbal: Não se aplica, pois não há verbo presente na expressão.

Curiosidades sobre o termo “água-que-passarinho-não-bebe”:

a) Origem: Esta expressão deriva do hábito das aves de evitar águas estagnadas ou sujas para beber, buscando água fresca e limpa em fontes naturais.
b) Classe gramatical: Substantivo composto.
c) Separação silábica: á-gua-que-pas-sa-ri-nho-não-be-be.
d) Tipo de verbo: A expressão não inclui nenhum verbo em sua composição.
e) Conjugação verbal: Não se aplica.
f) Definição do tempo verbal: Não se aplica, pois não há verbo presente na expressão.

Em conclusão, podemos afirmar que a expressão “água-que-passarinho-não-bebe” é um exemplo interessante de como as palavras podem adquirir significados distintos ao longo do tempo. Embora originalmente se referisse a uma água que os pássaros não bebem, essa expressão também pode ser usada de forma figurada para descrever algo indesejável ou repulsivo.

É importante ressaltar que o estudo dos sinônimos e significados das palavras é fundamental para uma comunicação eficiente e precisa. Conhecer as diferentes nuances de uma palavra nos permite expressar nossas ideias de maneira mais rica e precisa.

Nesse sentido, sites especializados em sinônimos como o nosso apresentam-se como ferramentas valiosas para auxiliar os usuários na busca por alternativas linguísticas. Além disso, oferecemos informações adicionais, como antônimos, curiosidades sobre a origem da palavra, classe gramatical, separação silábica, tipo do verbo, conjugação e definição dos tempos verbais.

Por meio desses recursos, esperamos contribuir para a ampliação do conhecimento e enriquecimento do vocabulário de nossos leitores. Dessa forma, fortalecemos a importância da língua portuguesa e promovemos uma comunicação mais eficaz e assertiva.