Alfaces-d’água são plantas aquáticas que crescem em locais como lagos, lagoas e rios. Também conhecidas como alfaces-aquáticas, essas plantas possuem folhas flutuantes e raízes que ficam submersas na água. São amplamente utilizadas para fins ornamentais e na alimentação de peixes. Descubra mais sobre os sinônimos, significados e curiosidades dessa fascinante planta aquática!

Sinônimos e curiosidades sobre as alfaces-d’água

As alfaces-d’água, também conhecidas como aguapés ou plantas aquáticas flutuantes, são vegetações muito comuns em lagos, lagoas e rios de todo o mundo. Com suas folhas largas, em formato oval e de cor verde intensa, essas plantas têm uma importância significativa no ecossistema aquático.

Sinônimos: aguapé, jacinto d’água, braçal, musgo-verde, musgo-d’água.

Significado: As alfaces-d’água são plantas aquáticas flutuantes que se desenvolvem em ambientes de água doce. Elas possuem raízes longas que se fixam no solo submerso dos corpos d’água, enquanto suas folhas e flores flutuam na superfície.

Curiosidades:
– Essas plantas têm origem originária da América Central e do Sul, mas atualmente estão distribuídas por várias partes do mundo.
– As alfaces-d’água são consideradas espécies invasoras, pois crescem rapidamente e podem cobrir extensas áreas de água, causando desequilíbrios no ecossistema.
– Além de sua função ecológica, as alfaces-d’água também são utilizadas na alimentação de animais aquáticos, como peixes e gansos.
– No Brasil, essas plantas são frequentemente encontradas em regiões pantanosas e em represas.

Classe gramatical: Substantivo feminino (singular/plural: a alface-d’água / as alfaces-d’água)

Separação silíbica: al-fa-ces-d’á-gua

Tipo de verbo: Não se aplica, pois é um substantivo.

Conjugação do verbo: Não se aplica, pois é um substantivo.

Definição do tempo verbal da palavra: Não se aplica, pois é um substantivo.

Essas informações são apenas algumas características e curiosidades relacionadas às alfaces-d’água. É importante lembrar que a pesquisa e o estudo mais aprofundado sobre o assunto podem fornecer mais detalhes e informações complementares.

Perguntas Frequentes

Quais são os sinônimos para “alfaces-d’água”?

Alfaces-d’água, também conhecidas como alfaces-aquáticas ou alfaces-aquáticas, são plantas que crescem em ambientes aquáticos, como lagos, rios e açudes. São chamadas assim devido às suas folhas que lembram as folhas de alface. Além disso, elas possuem alguns sinônimos que podem ser utilizados para se referir a elas, tais como:

1. Hidrófilas: Este termo se refere a qualquer planta que tem afinidade com a água e pode ser usado como sinônimo para alfaces-d’água.

2. Hidrofíticas: É uma palavra semelhante a hidrófilas e também pode ser utilizada como sinônimo para alfaces-d’água.

3. Plantas aquáticas: Esse termo é mais geral e se refere a qualquer tipo de planta que vive em ambientes aquáticos, incluindo as alfaces-d’água.

Portanto, esses são alguns sinônimos que podem ser usados para se referir às alfaces-d’água.

1 Ninfas

As ninfas são seres mitológicos que, na mitologia grega e romana, eram consideradas divindades menores associadas à natureza.

Sinônimos: na linguagem poética, as ninfas podem ser chamadas de dríades ou hamadríades.

Significado de Palavras: o termo “ninfas” deriva do grego νύμφη (nýmphē) e significa “noiva” ou “moça”. Na mitologia, as ninfas eram retratadas como jovens belas e encantadoras, frequentemente retratadas habitando rios, fontes, florestas e montanhas.

Língua Portuguesa: as ninfas desempenham um papel importante nas narrativas mitológicas e são frequentemente associadas a elementos da natureza, como árvores, plantas, fontes de água, rios, montanhas, entre outros. São consideradas figuras femininas sedutoras e misteriosas, responsáveis por proteger e preservar a beleza e a harmonia da natureza.

Espero que essa explicação tenha sido útil!

2 Alface-d’água Menor

A expressão “alface-d’água Menor” refere-se a uma planta aquática conhecida cientificamente como Pistia stratiotes. É também chamada popularmente de “jibão” ou “aguapé” em algumas regiões do Brasil.
O termo “alface-d’água Menor” é um sinônimo utilizado para diferenciá-la da “alface-d’água Maior” (Lemna gibba), que é uma espécie semelhante, mas com características distintas.
A planta alface-d’água Menor é nativa da América do Sul e pode ser encontrada em rios, lagos e outras áreas de água doce. Ela possui folhas flutuantes e raízes suspensas que proporcionam sua sustentação na água.
Além de seu nome popular, a alface-d’água Menor também é conhecida por outros sinônimos, como “alface-aquática” e “alface-d’água”.
Essa planta acaba sendo utilizada como uma alternativa ornamental nas paisagens aquáticas, como lagos ornamentais e aquários. Também é valorizada por suas propriedades nutritivas e medicinais, sendo utilizada na indústria farmacêutica e na alimentação de animais aquáticos.
Em resumo, podemos dizer que a expressão “alface-d’água Menor” é um sinônimo utilizado para se referir à planta Pistia stratiotes, uma planta aquática de folhas flutuantes e raízes suspensas, que é chamada também por outros nomes, como “jibão” ou “aguapé”.

3 Ranúnculo-Aquático

O ranúnculo-aquático, também conhecido pelo nome científico Ranunculus aquatilis, é uma planta aquática que faz parte da família das Ranunculaceae. Esta espécie é caracterizada por possuir flores brancas e pequenas, que se agrupam em inflorescências denominadas racemos.

Em relação aos sinônimos, é importante mencionar que o ranúnculo-aquático pode ser chamado de aguapé, erva-dos-charcos ou erva-do-brejo. Esses nomes populares são utilizados em diferentes regiões e podem variar de acordo com o local ou a cultura.

Quanto aos significados dessa palavra, é interessante destacar que a sua etimologia vem do latim Ranunculus, que significa “pequeno sapo”, e aquatilis, que se refere a “aquático”. Este nome está relacionado à preferência dessa planta por ambientes alagados, como lagos, rios e charcos.

Em relação à língua portuguesa, é importante ressaltar que o termo “ranúnculo-aquático” é mais utilizado no âmbito científico, especialmente quando nos referimos à sua classificação botânica. No uso cotidiano, é mais comum utilizar os sinônimos mencionados anteriormente.

Portanto, o ranúnculo-aquático é uma planta aquática com flores brancas e pequenas, que possui diferentes nomes populares e está relacionada a ambientes alagados. Seu nome científico é Ranunculus aquatilis e pertence à família das Ranunculaceae.

Qual é o significado da palavra “alfaces-d’água”?

A palavra “alfaces-d’água” é o plural de alface-d’água, que se refere a uma planta aquática da família das Alismataceae, conhecida cientificamente como Echinodorus grandiflorus. Também é chamada popularmente de chapéu-de-couro ou barão-veludo.

Essa planta possui folhas grandes e rígidas, que lembram as folhas da alface comum, por isso recebe esse nome. Ela é encontrada em rios, lagoas e pântanos de regiões tropicais e subtropicais.

As folhas do alface-d’água podem ser utilizadas em arranjos florais ou até mesmo em aquários, já que é uma espécie que se adapta bem a ambientes aquáticos. Além disso, algumas pessoas acreditam que a planta possui propriedades medicinais, sendo utilizada no tratamento de problemas de pele e inflamações.

Em resumo, a palavra “alfaces-d’água” se refere às plantas aquáticas chamadas alface-d’água, que são encontradas em rios, lagoas e pântanos e possuem folhas grandes e rígidas.

1 Alfaces-d’água são plantas aquáticas perenes da família das Ranunculaceae, que possuem folhas flutuantes e flores brancas ou amarelas. Elas geralmente crescem em águas calmas, como lagos, lagoas e rios de baixa velocidade.

Alfaces-d’água são plantas aquáticas perenes da família das Ranunculaceae, que possuem folhas flutuantes e flores brancas ou amarelas. Elas geralmente crescem em águas calmas, como lagos, lagoas e rios de baixa velocidade.

Existe algum antônimo para “alfaces-d’água”?

O antônimo de “alfaces-d’água” é terra firme.

1 Não há um antônimo específico para “alfaces-d’água”, pois não é uma palavra que tenha uma oposição direta em seu significado. No entanto, podemos considerar termos relacionados a plantas terrestres, como “vegetação seca”, como uma forma de antônimo indireto.

1 Não há um antônimo específico para “alfaces-d’água”, pois não é uma palavra que tenha uma oposição direta em seu significado. No entanto, podemos considerar termos relacionados a plantas terrestres, como “vegetação seca”, como uma forma de antônimo indireto.

Em conclusão, as alfaces-d’água são plantas aquáticas que possuem uma série de sinônimos associados, tais como hidrófitas e macrófitas. Além disso, seus significados referem-se ao seu habitat específico e à sua capacidade de adaptação à água. É interessante notar que essas plantas desempenham um papel importante na ecologia dos ecossistemas aquáticos, fornecendo abrigo e alimento para várias espécies. Por fim, ao explorar os sinônimos das palavras, é possível enriquecer nosso conhecimento sobre a língua portuguesa e compreender melhor a diversidade de expressões e significados que ela possui.