O algodoeiro-da-praia, também conhecido como laguncularia racemosa, é uma espécie de árvore que cresce em regiões costeiras. Seus sinônimos incluem mangue-branco e algodão-do-mangue. É interessante notar que essa planta possui adaptações para viver em solos salinos e encharcados.

Conheça a versatilidade do algodoeiro-da-praia na Língua Portuguesa

O algodoeiro-da-praia, conhecido cientificamente como Gossypium littorale, é uma planta que possui grande versatilidade na Língua Portuguesa no contexto de Sinônimos, Significados de Palavras e Lingua Portuguesa. Essa planta pode ser considerada um verdadeiro tesouro linguístico, pois oferece diversas possibilidades de expressão.

No que se refere aos sinônimos, encontramos diferentes termos que podem substituir a palavra “algodoeiro-da-praia” em um texto ou conversa. Alguns exemplos de sinônimos são: árvore do algodão, algodão-bravo e malva-rosa. Esses sinônimos podem ser utilizados de acordo com o contexto da frase, proporcionando uma maior riqueza vocabular.

Além dos sinônimos, também é interessante conhecer os significados de palavras relacionadas ao algodoeiro-da-praia. Por exemplo, a palavra “gossypium” remete ao gênero botânico das plantas do algodão, enquanto “littorale” faz referência ao fato de ser encontrado nas áreas costeiras.

No âmbito da Língua Portuguesa, é importante ressaltar que o termo “algodoeiro-da-praia” pertence à classe gramatical dos substantivos. Quanto à separação silábica, temos a seguinte divisão: al-go-do-ei-ro-da-prai-a. Já no que diz respeito ao tipo de verbo, não se aplica nesse caso, pois trata-se de um substantivo.

É interessante também mencionar algumas curiosidades sobre o algodoeiro-da-praia. Essa planta é nativa do Brasil e pode ser encontrada principalmente nas regiões litorâneas. Sua utilização é bastante versátil, sendo empregada na produção de tecidos, óleos e medicamentos.

Quanto à conjugação do verbo relacionado ao algodoeiro-da-praia, não há um verbo específico que o represente.

Em resumo, o algodoeiro-da-praia apresenta uma diversidade de abordagens no contexto da Língua Portuguesa, desde sinônimos até significados de palavras, curiosidades e informações gramaticais. Explorar essas possibilidades enriquece o vocabulário e a compreensão da língua. Portanto, ao utilizar termos como esse em seus textos, tenha em mente todas as nuances e características que podem ser exploradas.

Perguntas Frequentes

Qual é o sinônimo de algodoeiro-da-praia?
– Algodão-do-mar

Algumas palavras com sinônimos relacionados podem ser:
– Árvore-de-algodão
– Algodoeiro-do-mar
– Gossypium maritimum

Qual é o significado da palavra algodoeiro-da-praia?
– Refere-se a uma planta arbustiva que cresce nas áreas litorâneas, caracterizada pelas suas flores brancas e frutos semelhantes a algodão.

O significado da palavra algodoeiro-da-praia é “referir-se a uma planta arbustiva que cresce nas áreas litorâneas, caracterizada pelas suas flores brancas e frutos semelhantes a algodão”.

Existem antônimos para algodoeiro-da-praia?
– Não existem antônimos específicos para essa palavra, pois se trata de um nome científico de uma planta.

Não existem antônimos específicos para a palavra “algodoeiro-da-praia”, pois se trata de um termo técnico que designa uma planta específica. Antônimos são palavras que possuem significados opostos, mas como o termo em questão é um nome científico, não existe um antônimo direto para ele.

Em conclusão, o algodoeiro-da-praia é uma planta nativa do Brasil que desempenha um papel importante na preservação das dunas costeiras. Com seus longos ramos e flores amarelas vistosas, essa espécie se destaca não apenas por sua beleza, mas também por seu valor ecológico. Os sinônimos para o algodoeiro-da-praia incluem nomes como “cottonwood” e “mussê”. Além disso, seu nome científico, Laguncularia racemosa, revela ainda mais informações sobre suas características e origem. Essa árvore pertence à família Combretaceae e pode ser encontrada em regiões litorâneas de todo o país. É importante ressaltar que o algodoeiro-da-praia desempenha um papel fundamental na estabilização das dunas, evitando a erosão e proporcionando um habitat vital para diversas espécies. Com suas raízes adaptadas para sobreviver em ambientes salinos, essa planta tem a capacidade de filtrar o excesso de sal da água, absorvendo-o em suas folhas e evitando danos às células. Portanto, o algodoeiro-da-praia é um exemplo notável da riqueza da flora brasileira e uma peça essencial no equilíbrio dos ecossistemas costeiros.